Como fazer o gerenciamento de lixo doméstico na quarentena?

Em algumas semanas cumprindo a ordem de isolamento, é possível perceber que o lixo em casa já não é mais o mesmo. Mais pessoas estão em casa por mais tempo, pedindo delivery ou cozinhando, por exemplo, e isso consequentemente traz mais embalagens e resíduos para a rotina.

Segundo a ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais – estima-se que os resíduos domiciliares podem crescer até 25% neste período.

E então, o que fazer com todo esse lixo?

Continue separando os resíduos.

Se no seu município o serviço de coleta seletiva não estiver acontecendo, higienize os resíduos recicláveis e guarde todos em uma caixa para descartá-los quando a situação for normalizada.

Caso esteja acontecendo normalmente, não esqueça de alguns cuidados essenciais para evitar disseminar o vírus entre as pessoas que coletarão esses materiais:

  • Máscaras, luvas e lenços descartáveis devem ser descartadas no lixo comum e não no reciclável. Acondicione os resíduos em sacos plásticos resistentes e lacre bem para que os trabalhadores da limpeza urbana não tenham contato com o material.
  • Deixe os materiais recicláveis no sol por, pelo menos, um dia antes de encaminhar o material para coleta (recomendação da Aline Sousa da Silva, integrante da Coordenação Nacional do Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis)

Se você teve confirmação positiva para covid-19, a ABRELPE tem orientações específicas:

  • Todos os resíduos gerados na residência devem ser descartados em um mesmo recipiente (lixo comum).
  • Use dois sacos plásticos resistentes (um dentro do outro) para descartar seus resíduos e certifique de que ambos estão devidamente fechados (nós ou lacres).
  • Apresente os sacos para coleta nos dias e horários determinados em sua localidade.

Deixe um Comentário