Qual o impacto da reciclagem na economia?

O Brasil produz, anualmente, mais de 78,3 milhões de toneladas de resíduos sólidos. Desse total, 13,5% (10,5 milhões de toneladas) referem-se ao plástico. Toda essa quantidade reciclada renderia o montante de R$ 5,7 bilhões à economia brasileira. A estimativa integra estudos da Selurb (Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana). Apesar dessa capacidade, o país recicla apenas 1,2% desse tipo de resíduo, como apontou levantamento do Fundo Mundial para a Natureza (WWF, sigla em inglês), o que evidencia o quanto o Brasil precisa ampliar essa ação que tanto contribuirá com o meio ambiente e os recursos naturais.

Embora o plástico seja 100% reciclável, cerca de 40% do resíduo gerado é descartado de forma incorreta, subestimando seu perfil ambiental adequado às transformações. Entre os pontos relacionados à essa questão, está o fato de que só 4% da produção mundial de petróleo é utilizada para produzir o plástico. Além disso, a produção também demanda pouca energia, é economicamente sustentável, além de gerar lucros, empregos e segurança.

Dados do portal do Governo Federal indicam que cerca 10% dos resíduos gerados nas cidades brasileiras são reciclados, o setor movimenta anualmente quase R$ 12 bilhões por ano, porém, mais de R$ 8 bilhões por ano são perdidos por que muitos materiais não são reciclados, já que a maioria dos municípios brasileiros não possui serviços de reciclagem e muito menos coleta seletiva

Fonte: Pensamento Verde

Deixe um Comentário